|
Parceria com Ministério Público de São Paulo soma mais de 500 manifestações encaminhadas à Ouvidoria Geral do Estado
09/01/2018
Ao chegar à OGE, a solicitação é avaliada e encaminhada à ouvidoria correspondente, que fica responsável por responder diretamente ao cidadão; para ouvidor do MPSP, Roberto Fleury de Souza Bertagni, “é uma parceria de sucesso porque dá resultados"

Era junho de 2015 quando o Ministério Público de São Paulo (MPSP) propôs um trabalho em parceria com a Ouvidoria Geral do Estado de São Paulo (OGE) visando melhor atendimento ao cidadão. O motivo: o grande número de reclamações e sugestões referentes ao serviço público estadual que chegavam à Ouvidoria do MPSP – abordando, por exemplo, falta de remédios na rede estadual de saúde ou questões relacionadas ao meio ambiente. A proposta foi aceita pelo ouvidor geral do Estado, Gustavo Ungaro, que colocou o e-mail ouvidoriageral@sp.gov.br à disposição do MPSP para recebimento das demandas.

No final de 2015, já haviam sido encaminhadas à OGE 146 manifestações, sendo o órgão mais demandado a Secretaria Estadual de Educação. O ano seguinte teve um total de 254 manifestações encaminhadas, e em 2017 foram 165, tendo, além da Secretaria de Educação, o Detran e concessionárias de serviços públicos como Sabesp e Eletropaulo como órgãos mais demandados. Ao chegar à OGE, a solicitação é avaliada e encaminhada à ouvidoria correspondente, que fica responsável por responder diretamente ao cidadão. Ao final de cada semestre – janeiro e julho – a OGE elabora um relatório quantitativo e qualitativo das manifestações apresentadas para conhecimento do ouvidor geral do Estado e do ouvidor do MPSP, Roberto Fleury de Souza Bertagni: “É uma parceria de sucesso porque dá resultados para o cidadão, que muitas vezes não sabe exatamente a quem encaminhar sua demanda. Da mesma forma, quando alguma demanda envolvendo o MP chega à Ouvidoria estadual, é encaminhada para nós; trata-se de uma via de mão dupla”, afirma Bertagni.